segunda-feira, 5 de julho de 2010

Anime Family

Você já ouviu falar de otaku? Não? Já ouviu falar de anime? Já, né? E já ouviu falar de "fãs retardados de animes" também, com certeza. Então, o Anime Family é o maior evento de anime do Rio de Janeiro e reúne uma cabeçada incrível desses fãs, que entre eles mesmos são conhecidos como otakus, para os meninos e otomes, para as meninas. Na verdade, no Japão essa palavra é usada para uma pessoa alienada de alguma forma, sendo comum ser usada para chamar alguém de nerd. A verdade é, que aqui no Brasil, esse grupo é visto como pessoas sem infância, retardadas e muitas vezes, acabam sendo confundidos com outras tribos graças a alguns fatores como cabelos e maneira de se vestir.
Então, eu não me importo de ser chamado ou não de nada disso, nem pretendo defender ou ofender tais tribos, mas vou esclarecer algumas coisas. Em tais eventos, as pessoas costumam usar fantasias de personagens de desenho japonês, jogos, desenhos em geral e até mesmo livros e filmes, estas fantasias garantem uma grande diversão ao evento pois algumas fantasias ficam REALMENTE LEGAIS, tendo que tirar foto com todo babaca que pede. Portanto, quando você ver aquelas pessoas na fila de cabelo roxo, espetado, enfiado no cu, etc, é porque aquela pessoa está/fez/pretende fazer algum cosplay, o mesmo vale para a roupa. Ainda acontece de alguém gostar de algum personagem e querer ter um cabelo igual ao dele, porém graças a aparência exótica, o melhor lugar para se ir com tal cabelo é o evento. E ainda acontece de pessoas que não fazem nenhum cosplay mas se aventuram a usar lentes, roupas diferentes e blablabla whiskas sachê.
Ainda assim, eu sei que existem pessoas muito porras loucas nisso, mas vou  te contar um segredo senhor crente: na sua igreja também tem. O que eu realmente quero deixar no ar hoje, é o seguinte, se alguém faz parte de alguma coisa, não significa que ele é exatamente igual a TODO mundo que participa daquilo, acredite, eu participo desses eventos já faz um tempo, eu não faço meu cabelo (muito pelo contrário, ele é que se faz, da maneira que ele ficar é como eu deixo), não uso maquiagem e se você não me conhecer direito você nem vai achar que eu frequento essas coisas. Rotular as pessoas para mim é o PIOR preconceito que existe, então, se você tem um preconceito, faça como eu:

MORRA AGORA OU CALE-SE PARA SEMPRE!

Um comentário:

  1. Isso aí tio, rotular é tosco!!!

    Bem como frequentadora, não tão acídua, de eventos de anime... adimito que gosto de roupas mais... incrementadas e tenho vontade de fazer cosplayer, mas é só pra eventos mesmo...

    O post ficou muito legal ^-^

    obs: achei fotos suas e do tiago no orkut da Érica (Chun Li).

    kisus

    ResponderExcluir

Diga o que você bem entender sobre o post. Lerei sempre, mas nem sempre responderei.